Dicas

Cadastro Único para o Identidade Jovem

O Programa Identidade Jovem criado pelo Governo Federal, irá beneficiar milhões e jovens de baixa renda no Brasil. O benefício irá permitir que estes jovens tenha acesso a diversos eventos pagando o somente o valor referente a meia entrada.

O controle dos jovens que terão ter acesso ao documento ID Jovem, será feito por meio do sistema Cadastro Único do Governo Federal. Este programa permite que sejam cadastradas famílias com baixa renda, para posteriormente ser feita uma análise de quais podem receber benefícios sociais, como Bolsa Família, Salário Família e agora também a Identidade do Jovem.

Por meio da análise de dados dos cadastros da famílias, o sistema identifica de forma eletrônica as famílias que se enquadram nas regras para receber os benefícios dos programas sociais. Desta forma, será analisado pelo Cadastro Único, quais são os jovens de baixa renda, com idade entre 15 a 29 anos de idade, que poderão receber o cartão ID Jovem.

CadÚnico: Como se cadastrar

Podem se cadastra no Cadastro Único – CadÚnico, as famílias com: renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo, renda familiar mensal total de até três salários mínimos ou renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

O cálculo da renda familiar é feito somando todas as rendas dos membros da família, e dividindo pelo número de integrantes na família. Se este valor estiver dentro das regras acima, a família poderá efetuar o Cadastro Único.

O cadastro único pode ser feito utilizando documento de CPF ou título de eleitor do responsável familiar e qualquer outro documento de identificação dos demais membros da família, nas Prefeituras Municipais.

Dados atualizados para o Identidade Jovem

É importante ressaltar que para ter direito ao Identidade Jovem, o cidadão deve manter sempre seus dados atualizados no CadÚnico. Sempre que houver alterações de emprego, endereço, número de integrantes ou qualquer alteração importante que possa interferir nas regras dos Programas Sociais do Governo Federal, será necessário atualizar os dados da família.

Como funcionará o benefício?

De posse do documento do ID Jovem, o beneficiário poderá apresenta-lo em teatros, estádios de futebol, cinemas, empresas de transportes interestaduais entre outros que podem ser vistos no site do próprio programa. De posse do documento, o jovem terá desconto de meia-entrada nos eventos que assim forem estabelecidos.

A criação do programa permite que jovens tenham mais acesso à cultura e esse programa assegura mais inclusão social. Com duração de 4 meses, o programa permitirá meia-entrada a eventos artísticos-culturais, bem como, esportivos. Esse é um dos programas que fazem parte do Sinajuve, Sistema Nacional de juventude, criado pelo governo.

Sobre o decreto do programa

No ano de 2015 foi regulamentado o decreto de cobrança de meia-entrada nos eventos artísticos-culturais e esportivos. Neste ano de 2016 o programa entra em vigor e foi publicado no Diário Oficial da União em outubro de 2015. Esse é um projeto que visa garantir mais acesso à cultura e fazer inclusão social, pois nem todos os jovens conseguem ter acesso a eventos culturais, principalmente os que possuem baixa renda.

Saiba como será o controle do Cadastro da Identidade Jovem.

About the author

Jovem

16 Comments

Leave a Comment